Ecumenismo “diálogo inter-religioso” na JOCUM

A liderança evangélica brasileira está toda direcionada à cumprir, promover e adequar-se ao novo “estatuto-jurídico” de direitos civis – como cordeirinhos do Estado Federativo – em comum acordo com as regras internacionais da ONU. A fascinação pela institucionalidade(padrões legais) é o principal motivo da crise “personalidade-cristã” no ministério Pastoral nos últimos tempos. Estas motivações-organizadas, á décadas, influenciam o discurso pastoral nas missões(pacifismo, ecumenismo, ambientalismo), levando líderes evangélicos ao delírio pelas vãs filosofias, humanismos e socialidades(iluminismo). Este sistema de governos eclesiásticos “institucionalizados” privilegia o aspecto “sociocultural” na personalidade-jurídica pelo interesse à cargos e o profissionalismo da fé junto ao Estado. O efeito deste corporativismo na cristandade é o golpe de morte. Este “vento impetuoso” de discordâncias-bíblicas inibindo o ensino fundamental da fé-bíblica(esvaziamento doutrinário) e incentivando o relativismo como comportamento modelo. Temos uma massa de discípulos marchando pela “ordem pública” como “soldadinhos” da ONU com garras afiadas para abater qualquer publicação que evidencie o evangelho original(canônico) e testemunhe a “mensagem da cruz” na visão aplicativa.

JOCUM ecumênica

O site “direito nosso de cada dia”, dedicado a consultorias e soluções jurídicas para Igrejas evangélicas, publica descaradamente uma agenda de serviços para o Estado Civil, deixando á exposição, uma repleta relação de Igrejas evangélicas dedicadas à cumprir o “estatuto-social”. Neste cronograma está a Jocum/RJ representando seguimentos ecumênicos á serviço pelo Estado. No dia 19/11/2010 menciona-se um encontro pelo diálogo inter-religioso, cujo título é “Jovens com uma missão”. Não é novidade para este blog, que a JOCUM esteja cumprindo agendas em nome do Estado e destilando o “veneno” do sistema imoral dentro da cristandade. A presidente da rica “JOCUM”, Bráulia Ribeiro, e mulher de Reinaldo Cazão Ribeiro(diretor da JOCUM de Porto Velho, Rondônia) deixou bem claro publicamente, pela Revista Eclésia, o conceito pessoal sobre mobilizações cristãs que legislam a doutrina da fé-cristã. Chegou acusar tal mobilização, principalmente contra a agenda gay, de “cruzada de ódio e preconceito” e afirma: “não quero o direito de ser homofóbica”. Para a excelentíssima Bráulia Riberiro, o papel da Igreja não é legislar moral, e sim, trabalhar pela harmonia-filosofal no mundo das diversidades. A JOCUM sabe fazer ecumenismo e filosofia. Seu perfil ministerial emprega modelos de uma Igreja organizada(regida pelo Estado Federal). O que a JOCUM, na verdade, mais gostou de contracenar no Governo Lula e Dilma: muito filantropismo e socialismo com remunerações(ONG).

Concluímos…

Nesta agenda estatal, pelo qual Bráulia Ribeiro e JOCUM está no dever de cumprir, temos proposta como: descriminalização do aborto, das drogas, da prostituição e gaysismo educacional. O diálogo inter-religioso em “fórum-nacional pela intolerância” , criminalizando e potencializando “criminoso” todo aquele que discorda do imoral ou que prega discriminando “práticas alheias” no tom fundamentalista. Adequar instituições, sociedades e fundações para ajoelhar-se diante deste sistema “imoral”, ao invés, de recriminá-lo. Desenvolver papel “humanístico“ – orientando as Igrejas á estabelecer regras cujo elemento principal de “reflexão” e “valorização” seja o próprio homem e não a fé-bíblica.

Eles estão a solta. Armados pelo Poder-Público e chefiados pelo Estado, procuram reeditar a fé e recriar uma nova forma de “ser cristão”, que esteja mais adequada ao pensamento do mundo atual e as vontades do sistema-mundial. O Estado quer como arma de segurança-pública o movimento apostata e está usando neste momento!

Fontes:

http://www.direitonosso.com.br/realiza_10.htm

 http://www.horadaverdade.com/blogdopastor/index.php?/archives/208-BRULIA-RIBEIRO-DA-JOCUM-NO-QUERO-O-DIREITO-DE-SER-HOMOFBICA.html

 

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s