UMA MARCHA PARA JESUS SATÂNICA

Marcha para Jesus e a concepção bíblica sobre “mobilização social” na dimensão cristã.

Marcha para Jesus. Nada mais do que o movimento evangélico maciço implorando por um espaço religioso nas ruas para exteriorizar simpatias. No contexto histórico os movimentos sociais sempre identificaram dimensões subjetivas, afetivas e culturais. Não há registros, até o momento, de algum grupo social coletivo e organizado que tenha promovido um deslocamento considerável de pessoas nas ruas sem uma revindicação objetiva. Uma ação coletiva de tamanha proporção que não demarca orientações ideológica/e ou política que configure uma defesa de crença ou direitos. Na concepção de mundo a marcha para Jesus é o tipo de mobilização social/ e ou religiosa que não serve para nada, exatamente por não ter uma definição ideológica. As marchas pelo direito das mulheres sobre os seus corpos (Marcha das Vadias), das trabalhadoras do campo (Marcha das Margaridas), da população negra (Marcha Zumbi), de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (Paradas do Orgulho LGBT), pela liberalização do uso de drogas (Marcha da Maconha) com muito mais personalidade “cara de marcha” do que este cristianismo farrista de salto alto.

Responsabilidades atribuídas à cristandade

Concepção cristã e bíblica pelo contato público. Poderíamos apontar inúmeras fraudes no movimento evangélico maciço “marcha para Jesus” para afirmarmos, sem medo de errar, que não se trata de cristianismo ou mobilização cristã, mas oportunismo humano por de trás da prerrogativa cristã. Existem três fatores importantes que define o gênero cristão: (1) identidade cristã; (2) missão e vocação; (3) conduta de fé. Quando abrirmos mão de uma destas responsabilidades pelo contraditório, estamos prestes a sermos jogados fora e pisados pelos homens (Mateus 5.13-16). A vocação cristã com expressão diferenciada do sentido comum “religioso”. A revelação de Deus que expressa os verdadeiros valores do Reino Celestial no mundo das mentiras, e agora por que é insípido e não tem o brilho de Cristo deve ser descartado. A exemplo temos o próprio Cristo, a quem reconhecemos como Jesus de Nazaré, pelo sermão das bem aventuranças (Mateus 5) e Ap. Pedro no advento do Pentecoste (Atos 2.38). A concepção de responsabilidade cristã pelo contato público que nos faz refletir: (1) Mobilização missionária; (2) Evangelho; (3) Expressão cristã; (4) Pregação ordenada; (5) Missão Pastoral. Pelo esboço da identidade de Cristo e os fatos e acontecimentos que marcaram as primeiras comunidades cristãs, a partir da narrativa bíblica, chega-se a conclusão que esta “Marcha para Jesus” é uma farsa.

A marcha da mídia evangélica

Pela vigésima vez temos uma mobilização apostata triunfante. O papel da mídia neste milagre. Representante das mentiras, reunindo inconsequentes e promovendo a estase em um evento cristão que alem de negar a tríplice testemunhal (identidade, missão, conduta), leva o histórico de condenações judiciais, evasão de divisas, processos na justiça, formação de quadrilha, pedido de extermínio, dólar na cueca e na bíblia, usurpação pastoral, afortunados da fé, sanguessugas – aonde o mal renova sua aparência.  

Marcha Institucional

O idealismo das placas. A logo marca das denominações e a publicidade de seus fundadores como estampa de cada carro alegórico que divide as multidões. A panfletagem mercadológica. Uma Igreja antropocêntrica e filantrópica aonde o procedimento é o serviço social prestado. O entretenimento, ao invés de servir a Cristo.

Marcha Política

Promotora de politicagens. Partidarista descarada. Súdita do Estado. Evento que não nega a presença de políticos. Aqui em São Paulo a marcha de Gilberto Kassab. O gayismo interligado pela marcha e sua aliança política. Falemos dos incentivos. O exemplo de Silas Malafaia no Rio de Janeiro, promovendo o partido de Eduardo Paes (PMDB) e recebendo 2,48 milhões, do dinheiro público, para investir na campanha eleitoral de sua heterossexualidade cristã. Neste tipo de negócio nada sai de graça.

Marcha cultural

Oficial. Reconhecida pela constituição brasileira por ser Inofensiva e ecumênica. Parcial, e por que é Importante virou um complexo de vários padrões. Uma das pavimentações perfeitas para o transito religioso. Atende a demanda mundana ao mesmo tempo em que não é espiritual e bíblica.

Marcha profissional

Remunera muito bem. Organizada como especializada. Palco de shows milionários. Uma cobiça para todo tipo de artista. Multiuso, até para a mídia secular. O exemplo disso, pela primeira vez a marcha para Jesus vira transmissão jornalística na Rede Globo de televisão (de perseguidor para simpatizante). As razões para esta atenção seria a gravadora Som Livre monitorando a popularidade de seus funcionários “cantores evangélicos” e a estimativa de que esta grande lista de ilustres lhe tragam retornos financeiros que justifiquem o investimento.

Concluímos…

A marcha pela impunidade cristã. O veneno dos Hernandes nas veias deste movimento. A cara da institucionalidade. A piedade que gera recursos. Um cristianismo politicamente correto. O estado é o esposo da Igreja. O partidarismo cristão como pano de fundo neste sistema. O cristianismo que mama nas tetas do Estado corrupto. Um cristianismo customisado. O profissionalismo cristão. Artistas da fé cantam se pagar bem. A Som livre na arte de fazer piada evangélica. Apostasia da fé é cultura religiosa. O ecumenismo marcha neste dia. A globalização da mentira evangélica.  Jesus o Pop-star. O discurso socializado. O dragão vermelho alimentado pela Igreja. A molecagem gospel nas ruas. O brado da irresponsabilidade ecoa do liberalismo cristão. Jesus entra se ficar calado. A música toca e todos idiotas dançam o modismo. Maranata, Jesus voltará e não tardará!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para UMA MARCHA PARA JESUS SATÂNICA

  1. Pamela disse:

    Uma Marcha que nunca foi para Jesus. Pelo que pesquisei e li o conceito “Marcha para Jesus” começou na Inglaterra em meados de 1987, através de uma ação ecumênica entre protestantes e católicos de Londres. Segundo o “presidente” da Marcha para Jesus, “Apóstolo” Estevam Hernandes, “a Marcha Para Jesus não foi criada para exaltar nenhum homem, é a expressão do mover do Espírito Santo e um ato profético!“. Frase contraditória, pois se Estevam é o presidente da Marcha para “Jesus”, automaticamente o mesmo será exaltado de alguma forma! Inclusive na última marcha sendo elogiado com o povo gritando loucamente: APÓSTOLO EU TE AMO! (vi no youtube). Além do mais, todos sabem que os discípulos da Igreja dos Hernandes “lutam e morrem” por eles, tendo em vista o famoso jargão popularizado na época da prisão dos líderes da Renascer: “Espada pelo Apóstolo e pela Bispa!”. A justificativa para o “fundamento espiritual” do evento é pior ainda: “A Marcha tem como fundamento bíblico as passagens de Êxodo 14, Josue 6 e João 13:35 […]Todos os anos, a Marcha para Jesus têm revelado – em âmbito mundial – o poder e a misericórdia de Deus aos homens. Milhares de pessoas são curadas, libertas e restauradas.”
    Sinceramente, citar passagens do Antigo Testamento não justifica a realização da Marcha para Jesus. As “marchas” do povo Hebreu não tinham como alvo evangelizar ou curar, mas eram marchas de guerra, para conquistar povos ou exterminar inimigos, conforme a vontade de Deus naquela época. No Êxodo, o que ocorreu foi um livramento específico de Deus para com o povo Hebreu e não uma procissão evangelística.
    Uma “musicalidade” com direito ao melhor do gospel atual: funk, axé, pagode e até reggae! Aí eu pergunto: A conversão vem através do ato de levantar a mão e ir até a frente do trio em resposta a um apelo feito neste ambiente? É no mínimo questionável esse tipo de evangelismo, pois a palavra quase não é proclamada devido ao foco na euforia festiva, salvo raras exceções quando é falada ou cantada, mas de maneira superficial e distorcida, onde não há entendimento profundo das Escrituras.
    Em 2008, pessoas anotavam pedidos e dificuldades num papel, colocavam o mesmo dentro dos calçados com o intuito de “marchar” em cima para quebrar as maldições escritas no papel, profetizando a conquista de seus recpectivos pedidos, uma superstição gospel absurda!
    Neste ano o alvo foi a sustentabilidade ambiental, onde foram distribuídos folhetos dando lição de educação e cidadania ambiental, no entanto após a marcha as ruas tornaram-se verdadeiros lixões (“pessoas saíram de lá transformadas e reeducadas”).
    Para resumir o objetivo desta porcaria gospel, temos:
    1 – Competir com a “marcha do orgulho gay” em termos numéricos;
    2 – Servir como trampolim para promoção de cantores, líderes e políticos “gospel”;
    3 – promover o comércio milionário de produtos/serviços gospel;
    4 – Ser um transtorno para a ordem da cidade, por conta da perturbação do sossego público e do bloqueio ao trânsito, afastando as pessoas do evangelho, bem como envergonhando os cristãos que não compactuam com o evento.
    UMA MASSA FERMENTADA PELO PECADO!!
    O SANGUE DE JESUS TEM PODER PARA NOS LIVRAR DE TODA ESTA APOSTASIA DESCARADA.
    Que Jesus continue dando discernimento aos seus servos. Pensemos com a mente de Cristo, não sendo intimidados pelos adversários.
    Não vos conformeis com as obras infrutuosas das trevas, antes, porém, condenai-as!
    MARANATA – Jesus volta logo, a tua noiva te aguarda, com a lamparina acesa nos mantenha!

    • Familia Borges disse:

      Pamela, Jesus te abençoe! E obrigado pelas palavras sabias que nos traz informações e segurança para termos certeza que não estamos jugando, simplesmente agimos com a verdade.

  2. jorge vanderley pedroso da silva disse:

    Simplesmente, uma marcha criada para angariar votos e mostrar a classe política que os evangélicos reúnem povo. Basta consulta: http://pt.wikipedia.org/wiki/Marcha_para_Jesus e verão que a dita marcha no começo já era ecumênica. E, aqui no nosso País os mentores são os Hernandes que adoram lavagem de dinheiro. Só não foram condenados porque estão grudados ao GOVERNO FEDERAL(PT e BASE ALIADA). Querem marcha para JESUS mais proclamem que nosso PAÍS está mergulhado no pecado e precisam urgentemente se converter ao Cristo. Daí podemos dar crédito, enquanto, isso não acontece. E não vai acontecer porque verbas estão sendo destinadas a esse movimento para que se pregue o evangelho a la carte a gosto do freguês.

  3. Vanderlei almeida disse:

    Obra da maçonaria evangélica, que está mostrando seus resultados ao sistema (666) que já está implantado neste mundo, quanto mais povo eles atraem pelo engano, e para o engano, mais é investido para que tudo de certo e, o homem do pecado, a besta se manifeste, e esse bando de maçon reine junto. Esses trio elétrico de evangélicos paréce boiadeiro tocando o berrante , levando seu gado para o abate.
    Ef 5,27 diz que a igreja do senhor deve se apresentar igreja gloriosa, sem macula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irreprensivel,
    Tt 2,11-14 Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos que, renunciando à impiedade e aos desejos mundanos, vivamos neste presente século sóbria, justa piamente, aguardando a bem aventuranda esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo, o qual se deu a si mesmo por nós, para nos remir de toda iniquidade e purificar para si um povo seu especial, zeloso e de boas obras,
    2Cr7,1 Ora,amados,pois temos tais promeças, purifiquemo-nos de toda imundicia da carne e do espirito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus

  4. renata disse:

    Lembro-me a alguns anos atrás, quando estava iniciando a fé em Cristo e começando a caminhar com o Senhor, que estive presente nesta marcha com desejo ardente em meu coração de glorificar a Cristo, e sem entendimento, pensava que gritar o nome de JESUS, era tudo. A decepção foi grande! Quando iniciou-se o”show”, assustei-me muito com o que vi: Pensei estar no carnaval! Toque de um tamborim, uma “artista gospel”, semi-nua, parecia mais um sambão, de Jesus não tinha absolutamente nada, mais apostasia pura! O mais revoltante irmãos, é muitos destes apostatas, nos parando e perguntando voce não foi na marcha? foi uma benção ou você não vai na marcha, vai perder! Que Jesus capacite a cada um de nós para respondermos a essa apostasia e desmascarar o diabo, para muitos que querem permanecer cegos, e servindo a homens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s