ECUMENISMO “Acordo Comum de Reconhecimento Mútuo do Batismo” entre católicos e evangélicos.

batismo-infantil

Diálogo inter-religioso. A liderança evangélica Americana pela evolução do anticristo na terra, direcionada à cumprir, promover como adequar-se ao novo “estatuto-jurídico” de direitos civis – como manda o protocolo da Nova Ordem Mundial. O tratado de “comum acordo”, com regras internacionais que a ONU determina como plano de ação de “ordem social”, tem em lista um enxame de Igrejas e instituições evangélicas cadastradas. Este movimento tem organizado ao longo de décadas uma marcha jurídica pela unificação religiosa. O que assusta ver o movimento evangélico brasileiro e americano adiantado neste processo. Não erraríamos em dizer que está no topo das negociações anticristãs com a ONU e o Vaticano ( meretriz ) até mesmo na liderança da farra.

O Ecumenismo não será a religião do futuro… segundo o que registra as profecias de Cristo nas Escrituras Sagradas. Podemos dizer que abrirá caminho para que a besta (iníquo) estabeleça seu domínio ( Reino) por meio de literaturas sujas, discursos inúteis, dados mentirosos e artigos maliciosos (labirinto das idéias). Memórias que trarão grande influência para que as imposições deste sistema se estabeleçam (servidão futura). Estas transformações correm contrário à Cristo com diversas ramificações e agentes infiltrados por toda parte. Aos poucos estes “lobos” da ONU arrebatam líderes cristãos e membros de diversas Igrejas evangélicas para a base estratégica à custa de remunerações milionárias, discursos ilusórios de bens sociais e relações gerais da vida humana (teosofia).

O fato histórico. Recentemente a Igreja Católica Romana e um grupo de denominações protestantes dos Estados Unidos assinaram um documento que formaliza a decisão das igrejas reconhecerem o batismo umas das outras. O anúncio vem quase 500 anos depois que a Reforma Protestante dividiu a igreja no mundo todo. Isso significa que os líderes da Igreja Católica, da Igreja Presbiteriana (EUA), Igreja Cristã Reformada da América do Norte, Igreja Reformada da América e a Igreja Unida de Cristo, selarão o “Acordo Comum de Reconhecimento Mútuo do Batismo”.

A cerimônia ecumênica em Austin, Texas, marca o fim de quase sete anos de debate onde as igrejas evangélicas mencionadas reconhecerão o batismo católico e vice-versa. Esse acordo mútuo sobre batismos quebra uma tradição secular de católicos sendo rebatizados ao ingressar nas igrejas evangélicas (

A genialidade da baixeza. Entendemos que os princípios e as regras da chamada Nova Ordem Mundial, como instituições e agentes competentes no campo desta atividade sombria, valorizam muito o cenário de situações catastróficas .O êxito deste poder satânico reside sempre em “criar” problemas para apresentar soluções. Armam a morte e na ponta das ocorrências mundiais aparecem como “mocinhos da paz” para manipular o povo, obtendo soluções para o que chamam de “crise”. Direcionam a população mundial para um caminho previamente escolhido de maneira que a notícia chegue à todos como fatalidades ou acontecimentos de ordem natural ( o papel da mídia).

Nada é coincidência no mundo político. O exemplo claro da genialidade satânica (provocar cismas e o despertar do ódio) é o aumento da segurança “vigilância” pela perda de liberdade do cidadão (O poder da besta). Armam rebeldes até os dentes para remover governantes e lideres atrapalhados. Aumentam armamentos para uma guerra que claramente revela-se política econômica (tomar a propriedade do outro). Fermentam discórdias e ódio como inoculam doenças laboratoriais. O governo entra em cena para maquiar as evidências: ” os bancos, as indústrias de armamento, os mineradores e a máfia farmacêutica gerando riquezas à custa do caos”.

 Pela palavra da “Ordem” refazem a educação dos povos com Escolas que estão muito bem preparadas para envenenar mentes com teorias nefastas, sodomias e utopias (esterilização, homossexualismo, liberalismo feminista, aborto, controle de natalidade, ecumenismo, desarmamento do cidadão, biochip). Dentro das guerras econômicas, a Ordem lucra com a fome crônica, com a fraqueza do operário, com o medo do desemprego, com a exploração dos direitos dos funcionários, taxas e juros abusivos, estagnação de capitais, por que no final de tudo, todos se submetem as regras por causa do terror inflacionário ou social (moeda mundial).

Ecumenismo é o veneno do liberalismo. Não seria diferente: “os que acreditam em guerras religiosas são trouxas do Poder”. È preciso saber aplicar a idéia “diálogo inter-religioso”, e o caminho para o êxito são as normas estabelecidas: cenário de crise criada (ortodoxia). Divulgam a informação de um protestantismo “vivo” no cristianismo que a séculos não protesta nada, por que está rendido as regalias e filosofias. O maometismo não guerreia por Alá, mas pelo Estado mulçumano e por reivindicações de direitos internacionais ou territoriais – principalmente com judeus – diferente do que morrer pela Tora. Estamos diante de uma guerra política e facínora, e não religiosa.

A ficção “conflitos religiosos” que deu certo. Seus inventores estão sorrindo na medida que ficam mais poderosos: o domínio da opinião do povo. O que estes mercenários de satanás desejam não está somente no ouro (a moeda que nunca desvaloriza) ou no petróleo. Brigam para tomar a liberdade do direito que permite que todos tenham uma expressão voluntária. Este esforço ecumênico quer a Igreja de Cristo contaminada e rendida aos apelos da modernidade anticristã. O ecumenismo é uma emboscada para amordaçá-la e impedi-la de falar com pensamento cristão (tendências e opiniões opostas).

Este jogo sentimental da ONU tem direção única: presas constitucionais. Uma lei internacional para criminalizar tudo que tenha como princípios a Fé-Bíblica. A Ordem quer o caminho livre para mentir à sociedade global (cegos). Sentenciar cristãos por “crime contra a humanidade” por ter opinião cristã como fizeram recentemente com o Rev. Scott Lively que foi levado a Júri Federal por ensinar que homossexualismo é pecado em Uganda (site barra).

Concluímos…

Este corporativismo religioso programa implantar o despotismo da ONU, o que não tem nada em comum com o que é bíblico, moral ou humano. O ato solene pelas vítimas de “crises” é realizado pelos mesmos idiotas que provocam as cismas e organiza os vastos monopólios. Preparam a agonia dos povos, vencendo a humanidade com privações, sofrimento e angústias até esgotar suas forças e se entregar, por fim, sempre fazer direito o que a lei permite. Quanto ao inimigo interno da Igreja, tem denominação cristã e formação teosófica. O êxito desta doutrina destruidora “ecumenismo” está na degenerência de cristãos. A imprensa e a opinião pública sempre irmãos. O uso do direito para o cristão é um equívoco neste mundo. A crítica contra o que é imoral é terrorista. O Ecumenismo e a arbitrariedade liberal saindo do mesmo buraco infernal. O coletivismo religioso aqui desenvolvido vem representado por legiões e o fiel a Jesus minoria. A minoria que deverá ser especial e mostrar o seu valor diante do seu Senhor, o Cristo que venceu a Cruz para expor à vergonha todas as potestades malignas no reino de satanás. Aquele que determinou sobre as portas do inferno a Igreja que venceu [Filadélfia]. Estamos congregados nesta Igreja e dela não sairemos!!

Maranata, Jesus está voltando !

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para ECUMENISMO “Acordo Comum de Reconhecimento Mútuo do Batismo” entre católicos e evangélicos.

  1. Pamela Ibelli disse:

    O conceito do que é pecado ou errado a luz da bíblia está sendo substituído por regras e protocolos humanos, pois os homens corruptos aos olhos de Deus têm a proteção da Lei terrena e recebem proteção da sociedade religiosa para pecarem sem peso de consciência. Se tratando de ecumenismo, percebemos a “preguiça” do povo em defender os princípios da fé genuína, não querendo ter “dores de cabeça”, preferem ficar na zona de conforto, do que serem considerados promotores de sedições, lixos do mundo e escória de todos (como foram os primeiros cristãos – Paulo). O interessante é que enquanto Jesus curava, opera milagres e maravilhas, saciava a fome do povo, estava bom, mas quando Ele disse comei da minha carne e bebei do meu sangue todos (simbolizando compromisso, adesão, obediência e santificação) muitos dos que o seguiam disseram duro é este discurso e o abandonaram. E mesmo com essa queixa, Jesus não mudou o seu discurso para agradá-los, mas pelo contrário perguntou aos que tinham ficado, se não queriam ir também. Ou seja, NÃO TEVE ACORDO ECUMÊNICO! Jesus não tem meia palavra em sua boca. Ou é sim ou é não, e o que passar disso é maligno. Esses mentirosos e corruptores precisam descerem do muro da tolice e da indecisão. Deus não se prende a um jugo desigual. O amor dele não é omisso e não nega a verdade, doa quem doer, quer ouçam quer deixem de ouvir, Ele continuará falando a mesma coisa sem sombra de variação, nem mudança. A Igreja Contemporânea está provando que o seu deus é o diabo pois mente e não tem vergonha de se associar com aquilo que é comprometido e diabólico. Faz aliança profana com as trevas e não resplandece a luz dissipa as trevas. Não anuncia a Mensagem da Cruz e do Arrependimento (propósito do batismo), gera seguidores ignorantes, arrogantes e insensíveis a voz de Deus. Conduz ao inferno pois corrompe o povo, com valores politicamente corretos e não biblicamente. Caminha junto com o Estado e colabora com a sociedade. Vomitemos essa comida podre – ecumenismo – que faz mal ao corpo de Cristo – Igreja. Rejeitemos toda aparência do mal. E venhamos conhecer qual é a boa, prefeita e agradável, vontade de DEUS para nós cada dia mais. E assim seremos aperfeiçoados e edificados tendo nossa consciência presa a Sua soberana vontade e crendo Nele sem fingimentos, para por fim alcançarmos a maior recompensa: a vida eterna! Estes serão bem-aventurados! Maranata, Vem Jesus!

  2. jorge vanderley pedroso da silva disse:

    Paz de CRISTO aos Irmãos!!!
    Estava olhando um documentário sobre o Vaticano e ali mesmos relatam os absurdos que fizeram a sociedade, entre eles: inquisição, derrubada de impérios e golpe em várias economias. E diante disso tais Pastores ainda insistem em se aliar a estes. Para mim, o PECADO já está neles. Como JESUS disse.: Aonde há luz as trevas não pode estar. Infelizmente, estes ditos homens de deus, alias, o deus do ventre deles os cegou. Resta nos guardarmos da corrupção deste mundo para nos encontrarmos perfeitos diante de NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s