“CINEASTA AMERICANO DENUNCIA NOVA ORDEM MUNDIAL”

Aaron Russo, empresário de entretenimento, produtor de cinema e diretor, como ativista político, antes de morrer de câncer [morto em 2007], recorreu a plena e definitiva consciência própria para ser mais um delator dos segredos políticos da chamada e conhecida Nova Ordem Mundial [besta]. A mensagem, que é de interesse público, traz revelações de disposições com medidas destruidoras que nos deram pouco a pouco, passa a passo, tudo o que a princípio foi predito pelas profecias de Nosso Senhor Jesus do que diz respeito a mecânica do governo anticristo [Ap. 13 e 17].

Aaron cita o amigo intimo, Nicolas Rockefeller, renomado da Família Rockefeller, uma marca registrada da dinastia americana de mais 150 anos, de riqueza incalculável e, maior fortuna no mundo privado da indústria petrolífera, bancário, militarista e filantrópico. Entrega de mão beijada um dos peixões da NOM cujo prática inclui títulos de litígio perante a Suprema Corte dos Estados Unidos e inúmeras operações de destaque política no cenário global. Membro do Council on Foreign Relations (CFR), Instituto Internacional de Estudos Estratégicos, Conselho Consultivo da RAND, Conselho do Pacífico sobre Política Internacional, Comissão de Relações Exteriores, em Los Angeles, Centro de Justiça Ocidental e, está servindo como um participante do Fórum Econômico Mundial e Instituto Aspen. Está conveniado ao Conselho de Visitantes de Escolas de Direito da Universidade de Oregon e da Universidade de Pepperdine, como ativo nos assuntos de sua alma iluminista pela Universidade de Yale. Recentemente, ele presidiu um painel na Organização das Nações Unidas para o E-Commerce e é co-autor do livro “Estratégia Econômica e de Segurança Nacional”.

O delatado, Nicolas Rockefeller, inclui-se também em operações com os maiores bancos da China, empresas de energia, órgãos de comunicação e empreendimentos imobiliários, bem como com os principais cidades da China e os principais províncias. Foi escolhido como membro do conselho da Central China Construção e Desenvolvimento da Comissão, e como diretor do Xiwai Escola Internacional de Shanghai International University. Apareceu várias vezes em CCTV e outros meios da China.

Bem senhores estamos diante de um obelisco-humano do imperialismo maçônico. A própria natureza vil em formato de prestígio global. O despotismo que deu certo, em todos os sentidos, oculto e quase imperceptível, logo se fez descobrir conspirações contra ele próprio por meio de algumas frases. Mesmo soberano, pelo menos em sua dinastia, não foi capaz de impedir esta ocasião, muito mais conseguirá fazer reparos necessários por tudo o que foi transmitido neste vídeo.

Aaron Russo delata alguns dos aspectos patriarcais no mundo futuro [Governo único], o que para muitos cegos “peões do jogo” é ficção. O absolutismo da elite global produzindo licença universal por trás da demagogia republicana, da subordinação tecnocrática mundial sorvidas pelo liberalismo, aonde nasce para nós como anarquia.

Este vídeo traz confirmações da concentração de um forte governo mundial como o plano do golpe dos Estados em um só dia. As medidas de segurança por tecnologias integradas [biochip] que desenvolvem “guarda aparente” pela perca de liberdade civil – o monitoramento humano. A aliança das forças inteligentes das pessoas reinantes com a força cega do povo [onde a verdade mostra que monarquistas, republicanos, socialistas e comunistas, a direita e a esquerda sempre estiveram do mesmo lado; Abstração do Estado]. A estagnação dos papéis para uma moeda única, as guerras econômicas e a forte concentração do ouro em certas mãos. O programa financeiro “imposta progressivo” sobre a propriedade para a obtenção de bens dos povos [pilhagem legal por monitoramente]. O tema “terrorismo” como mecanismo de existência para o uso de pretensões políticas, como foi 11/Setembro neste relato. A entrevista Aaron Russo expõe estes fatores “inimigo comum” como um fato político. Extremamente desenvolvido e adiantado para o sacrifício de uma humanidade servil.

Concluímos…

O Biochip. Confisco da liberdade [666] e a evidência do monitoramento tecnológico pelo sistema PRISM dentro da Agência de segurança Nacional (NSN) dos Estados Unidos pela NASA é fato e inevitável . A engenhoca dos sabichões “sistema único” que serviu de modelo para o mundo, e que se deu à abstrata idéia da liberdade humana por meio de códigos de barra, cabendo a possibilidade de persuadir multidões por um governo que deseja obter passe legal de gerente proprietário de informações pessoais. [ Financiadores: Visa; Mastercard; Discovery; Motorola; outros].

 Terrorismo. A ingenuidade por meio de uma verificação inconsciente que lhes deram êxito para que a política de coação se estabeleça na opinião: “É preciso aumentar armamentos, canhões, contratos econômicos e financeiros para termos a segurança nacional contra o terror.” O que redeu Bilhões de dólares de indenização de seguro para a Família Rockefeleler [aonde seis (6) meses antes do ataque de 11/9 renovava o seguro  das torres gêmeas, World Trade Center, como se nada soubesse]. A invasão legal representada pela Ordem [G7] com a pretensão do “terror” pela exploração mineral e ações militares contingente, interferindo na política Oriental e por fim Continental. Os mesmos que pedem a Paz fazem surgir incidentes para gerar suspeitas internacionais.

Economia. Fica claro que o debate sobre uma economia justa são puras malícias, um cenário montado, de um crise manipulada por homens que sabem fazer guerra do terreno econômico. O bom resultado que será adquirido dentro de ações industrias como administrado pela demagogia do “equilíbrio financeiro”. Empréstimos e credores discutindo do que já está acertado pela elite global. A substituição de valores por papéis e o ouro insubstituível e intocável meus amigos. O desemprego e os economistas pagos para mentir. Cálculos de orçamento para o ano seguinte, tudo como uma boa forma de distração pública do que de fato vencerá: os mais fortes. O imposto sobre os pobres como semente de revoluções. As promessas futuras de melhoria que no final de tudo, acreditem, termina no plano definido para que uma minoria governe [maçonaria-judaica].

Estado. Sessões de pura tortura psicológica no Parlamento, reuniões administrativas, jornalismo político, crises partidárias e todas estas discussões política de eleições presidenciais para que no final prevaleça o bem estar do supremo Estado maçônico e o resto vire pilhas de papéis histórico. Tantas removibilidades de representantes políticos e o Presidente é produto da Franco Maçonaria. Direitos internacionais e civis aqui são amigos imaginários. Existência de partidos e ideologias como idéia e não realidade. A poupa do Judiciário com leis que não funcionam. O discurso da paz e a abstrata idéia de liberdade constitucional. O papel do Senado para estabelecer paixão pela política, acendendo o patriotismo com a finalidade de gerar peões para o jogo. A institucionalidade são os agente secretos deste poder tenebroso [ONU]. O corpo legislativo tem o sentido figurado e a idéia do progresso que não vem! No final prevalecerá a política do mais forte e a possibilidade do triunfo dos que se acham mais importantes do que tudo, e pensam que estão acima de todos!

Igreja. Tenho certeza que os profetas que morreram em Cristo gostariam muito de estar aqui para ver o cumprimento das revelações de Jesus. Diante disso alguns imbecis ainda teima acreditar nos instrumentos de sorte, lançando-se a pregar em nome de Cristo a Paz pelo Novo Mundo. A mídia evangélica fala das novas questões sem compreender que aqueles que a criaram não amam os seres humanos. Para eles os fins justificam os meios. A política que despreza o direito dos outros e só pensam em si mesmo. Somos a geração do porvir e do arrebatamento da Igreja. Geração que verá o Filho de Deus assentado sobre as nuvens vindo com Poder e Glória para buscar os seus. O que me instiga ainda mais a falar destas coisas e avisar à todos que pudermos, que Jesus virá, sem tardar, com sinais, e os fatos avisam que está muito perto de acontecer o provável!

Obs. Todo conteúdo desta entrevista:

Maranata, Jesus está voltando !

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para “CINEASTA AMERICANO DENUNCIA NOVA ORDEM MUNDIAL”

  1. Adalberto Pimentel disse:

    Pr Daniel a paz do Sr. Creio que o Sr ja viu isto, mas assista este vídeo e veja o que que este bando está aprontando. Fq c/ Deus.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s