“O PORCO LAVADO” UM HÓSPEDE DE DANILO GENTILI

Esta entrevista me fez lembrar sobre um termo muito selvagem e doméstico: o porco. Embora todos conheçam a parte técnica desta natureza animal, em suas diversas subespécies, é importante observarmos que este asco é um hospede intermediário da tênia solitária no homem. Bastasse a ingestão de uma parte da carne infectada deste animal para desenvolver rapidamente um verme no canal alimentar, começando por um pequeno organismo, até atingir o limite de um hóspede devorador dentro do corpo humano. Geralmente é aceito que o porco se domesticou pela primeira vez no Período Neolítico, começando a viver em colônias permanentes, com cercas, por que era possível mantê-lo sobre controle.

Sua especialidade sempre foi ingerir completamente coisas não aproveitadas dos homens. De natureza onívoro, e necrófago, habitava ao redor de casas humanas ingerindo excremento humano, até mesmo o que estava enterrado, passando a infecção para outros lugares. Permanente em cercado, passou a ser visto como um reprodutor alimentar, convertendo a comida vegetal em comida animal mais rápida, e eficiente, do que qualquer outro animal. De forma surpreendente afirmar-se que o porco era proibido como comida para os israelitas, mesmo que sua carne seja excelente, seria um potencial de várias doenças perigosas!

O que chama atenção neste mamífero é o fato de não se doar a possibilidade de que seja transformado em tipo especial do gênero. Seu guia sempre será a imundícia, o excremento humano e os restos enterrados. Num estado de absoluta insensibilidade com o lado humano da vida, mesmo que pela palavra e oração sejam santificados (Atos 10.19-16; 1Tm 4.1-5) os porcos sempre carregarão o triunfo proverbial dos que estão imersos pela lama. Seu ofício sempre será reproduzir comida para o que é irracional! O pai dos vermes. O porco nunca deixará de ser porco em suas decisões, por mais que esteja cercado, domesticado e propício ao domínio de homens!

Nenhum outro animal se fala na Bíblia com tanta reversão. Um emblema da sujeira e falta de cultura (Pv 11.22; Mt 7.6). Apropriado para ser morada de demônios (Lc 8.32). Antíoco Epifâneo para forçar Israel a Nova Religião helenista obrigou judeus a sacrificarem animais impróprios no altar do Templo. Adivinhe que animal elegeu para esta função? O mesmo vem sendo utilizado como refrão popular para transmitir o tamanho dos assombros e de natureza satânica na Igreja (2Pd 2.22). Apostolo Pedro usou o termo para se referir aos mestres da apostasia da fé como superioridade do mal. Produtores de heresias destruidoras, de caminhos vergonhosos, cheios de cobiça, seguindo o desejo corrupto de sua natureza pecaminosa, criaturas irracionais, cheios de adultério e escravos da corrupção. Porcos humanos dentro do segmento cristão, que fizeram do evangelho de Cristo, na sua beleza, singeleza e pureza originais, continuarem enterrados e ocultos sob o lixo das novas doutrinas despejados sobre a igreja, durante séculos, pelo mundo e pelo diabo.

Corromper a Igreja sempre foi um pecado terrível, e os porcos “mestres” são a tônica desta natureza satânica. Aí está o fundo destas criaturas, podem ser lavados na água do batismo, participantes dos princípios elementares da fé cristã, testados sobre a base do arrependimento da cruz, passar pela imposição de mãos, receber dons celestiais, a boa palavra de Deus, sempre serão derrubados pelo pecado!! Ap. Paulo deu vistas desta espécie com base no evangelho que conheceu de Cristo, que será impossível que os tais porcos humanos queiram uma renovação para o arrependimento!!

Sempre repudiarão completamente, e deliberadamente, a proposta doutrinaria da Cruz de Jesus! Seus pensamento e suas ações sempre estarão de acordo com sua natureza (Hb 6). Por mais que domesticados suas tendências serão mortíferas e ameaçadoras, inclusive para aqueles que se alimentam de suas produções [vermes]. A avaliação que se registra biblicamente no movimento apostólico primitivo de Atos sobre o tema “apostasia da fé” não cabe intercessão especial nas ordenanças. Mas total indignação, desinteresse e desistência para o tipo do porco que quer ficar porco-lavado “que nunca tivessem conhecido o Evangelho, do que conhecendo, voltarem aos excrementos deste mundo” 2 Pd 2.20,21.

Esta realidade me faz pensar sobre Caio Fábio e suas instituições! Preposto a sublinhar a imbecialidade do movimento evangélico existente, de Luteranos a Neo pentecostais, sob a forma de desordens ministeriais, o porco que está em Caio Fábio acredita ser aquele que poderia libertar da má consciência os evangélicos com o ofício exemplar de seus 30 anos. O ponto de partida da força arrogante de Caio foi lembrar que autorizou o divórcio para cristãos! Pastores angustiados e separados que precisavam sentir-se como Caio, mais a vontade para fazer um troca-troca, obviamente pouco lidas biblicamente por quem as aceitou, e barato demais como sua exposição sem textos! A grande colaboração de Caio como fenômeno pastoral foi tirar o medo das pessoas de serem porcas e adulteras como ele!

O porco de Caio invoca em Jesus uma “Nova Era” de consciência que fez caducar toda e qualquer advertência do que esta na Lei de Deus sobre o pecado [civil;moral;religiosa]. Desse modo, na qualidade de homem, até mesmo Jesus ” o Jesus de Caio” foi carne pecaminosa, se afastando da verdade de Deus sobre a homossexualidade de sua época, deixando passar desapercebido o sistema perversivo para fazer caridade aos pobres. Para o porco de Fábio o pecado habitou, habita e habitará no corpo do homem mortal enquanto o tempo for tempo, o homem for homem e o mundo for mundo, o que faria estreitar a relação, Igreja com esta natureza, se o homem for advertido a não pecar!

Caio acredita que o mundo teria mais esperança se a Luz contextual geral do Evangelho não produzisse culpa, e caso faça o pecado ser percebido, fará surgir mais tarados do que a própria Sodoma moderna! Para Caio Fábio o progresso das instituições cristãs só será completo se a opinião dos devassos, e suas aspirações opostas, passarem aceitas pelo Evangelho no momento psicológico!

Caio sempre adotou uma teologia institucional que se destacasse na política! Movimentos organizados por militantes pró-homossexualismo que lutam para impor sua ideologia em todos os cidadãos. O porco que está no Caio gosta de estar envolvido em mobilizações liberais, também, pró-ambientais “aquecimento global” ao ponto de mandar uma carta a uma ministra do Governo LULA – apelando para medidas urgentes de “prevenção ambiental”. Os mesmos ambientalistas que estão envolvidos na mobilização para legalização do aborto e da homossexualidade (controle da Natalidade Mundial).

Foi acusado de intermediar o chamado Dossiê Cayman, uma papelada que comprovaria que FHC, José Serra, Sérgio Motta e Mario Covas mantinham centenas de milhões de dólares em uma paraíso fiscal em Ilhas caribenhas. O Porco de Caio, amigo de Lula e Dirceu/PT, no papel de consultor sobre o movimento evangélico, é pivô de uma grande operação de falsificações para ajudar a incriminar a cúpula do PSDB na disputa eleitoral de 1998 contra o PT. Se for injusta como Caio diz ser, qual o motivo da revolta se está concentrado como funcionário exemplar do PT e sempre nas mãos de políticos??

Não está na memória de Caio suas contribuições com as Lojas e o Núcleo de revolucionários e liberais dedicados aos mais secretos projetos políticos para injetar no Brasil um despotismo majestoso, anarquista, de denominação marxista, que está quase completa hoje. Essa dominação, que vem sendo implementada pelo PT e outros partidos socialistas há anos, acompanhada por constantes pressões esquerdistas para legalizar as perversões homossexuais, o assassinato de bebês mediante o aborto e muitas outras iniquidades. Não ocorreria sem a colaboração da teologia de Caio Fábio. A Teologia da Libertação (TL), promovida durante décadas pelas comunidades de base da Igreja Católica, foi fundamental para a própria fundação do PT e expansão marxismo no Brasil. Sob a TL, católicos marxistas da CNBB se alinharam com marxistas seculares para avançar sua causa comum no movimento evangélico de Caio [ a mascara da teologia da missão integral].

A teologia do porco de Caio é simples:

“Não caia na conversa de cristãos que pregam contra o aborto e contra o movimento homossexual, pois Jesus nunca aprovaria isso. Cristãos que trabalham na função de inibir a prática de perversidades são feitos de uma classe de imbecis, desinteligentes e sem sentimentos! Tentei fazê-los pensar, e desisti!! Sejam políticos, de preferência mais de esquerda. Amigo de revolucionários, narcotraficantes, gays e lésbicas! Defendam a conservação natural do mundo, peçam a idéia da justiça social, que terão suas siglas partidárias! Procurem a esperança unida aonde repousa as iniciativas mais ocultas e satânicas na República.”

Concluímos…

A teologia da prosperidade é mais um erro de ênfase teológica como outros obstáculos salvos por seus irmãos Caio Fábio! Tiradas da mesma rotina teórica maçônica que consolidou esta classe de intelectuais podres, neo modernismo, aonde você é guru! Cheia de orgulho e prepotências parecidíssimas com as tuas! Sabem sacrificar vítimas e sangrar a Igreja com seus escândalos reinantes na face de bons mocinhos do evangelho. Estas tendências liberais, por mais que sejam diferentes em seus pontos teológicos, politicamente são identificas! Como a do Silas Malafaia e Macedo: armam partidos políticos dentro das Igrejas, transformaram cultos em reuniões administrativas e púlpitos em arenas de candidatismo! Pastores em falastrões de sessão parlamentar, velhacos enriquecidos, sadios e fortes, que se propuseram entrar nas fileiras do movimento evangélico, por condições que se julgam acima de Cristo!

Se o neo pentecostalismo proporciona o repouso para indivíduos que não querem pensar como você Caio? A verdade mística, em que, diremos, repousa como força educativa que está entre as mais poderosas e principais crenças no movimento evangélico? Uma tropilha de ateus filósofos, aventureiros, anarquistas e liberais seguem ao teu lado Caio! Sublinham particularmente os defeitos das crenças cristãs, no seu ponto de vista satânico, ressaltando busca de ilusórios bens sociais e relações gerais da vida humana, a fim de destruir os princípios da fé em Cristo, que tão brilhantemente enfraquecem sua ordem social esquerdista, do PT, dos gigantes da CNBB, CMI e CONIC!! Teus Amigos! Você e o Macedo são idênticos politicamente, tem o mesmo Pai espiritual: Lula/Dilma.

Esta propaganda por Danilo Gentille “sem igreja” aumentou os contingentes dos liberais e atraiu milhares de cristãos para o teu redil. Mas a opinião pública não pode confundir, no seu modo de pensar, você está incluindo na categoria das reversões! Proponho complementar esta propaganda de martírio, a pedir que cristãos compromissados com a verdade da Fé em Jesus também combatam as facções políticas da mesma maneira que pensam tirar o prestígio daquelas que constroem templos com esquemas arrecadatórios e sensacionalistas! Todos são porcos lavados!

 Maranata, Jesus está voltando!!

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

3 respostas para “O PORCO LAVADO” UM HÓSPEDE DE DANILO GENTILI

  1. Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar; para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra. 2 Tm 3.16, 17

  2. Gilson Almeida de Melo disse:

    O Caio está caído, morno, cego. Horrível.

  3. Weller Nerys disse:

    Amei agradeço… Não sabia dessa entrevista! Muito bom, Caio Fábio fantástico como sempre Deus abençoe!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s